Atualidade
LASCA DO CASTRO DE ALVARELHOS É A PEÇA ARQUEOLÓGICA DO MÊS DE MARÇO
05 de Março de 2020
0 comentários

PARA CONHECER NA CASA DA CULTURA DA TROFA

Durante este mês de março, uma lasca em sílex proveniente do Castro de Alvarelhos é a peça em destaque na rubrica “A arqueologia da Trofa expõe…”, promovida pela Câmara Municipal. O utensílio de uso doméstico, produzido desde a era do Paleolítico, está em exposição na Casa da Cultura.

Os objetos em Pedra Lascada são assim designados devido à técnica utilizada para a sua produção, que implica a remoção de pequenas porções (lascas) de um bloco (pedra), aplicando força num ponto para que se destaquem. A partir dessas lascas são produzidas, desde o Paleolítico, variadas ferramentas para diversas atividades do quotidiano.

A natureza proporciona ao ser humano inúmeros recursos essenciais à sua sobrevivência. A pedra é o mais comum, existindo por todo o globo em abundância e com grande diversidade. Os trabalhos com pedra foram desenvolvidos e aperfeiçoados pelo Homem ao longo dos tempos, persistindo desde a pré-história até aos nossos dias. A cada rocha, conforme a sua constituição, resistência e aspeto, é atribuída uma função específica e aplicada uma técnica que permite transformá-la num utensílio.

Nem todas as rochas têm, no entanto, propriedades físicas que permitam a produção de instrumentos de pedra talhada. As mais utilizadas para o efeito são o sílex, o quartzito, o quartzo e a obsidiana. O talhe é o método de produção de ferramentas realizado a partir de lascas extraídas de um bloco de pedra.

Eram utilizadas duas técnicas para proceder à redução do suporte inicial: a percussão, através de pancadas desferidas por um percutor, de forma direta ou indireta; ou a pressão, utilizando uma punção. Para executar estas tarefas recorriam a um percutor/punção de pedra, de madeira ou de haste de cervídeo. Destas técnicas obtinham-se vários suportes: as lascas, as lâminas e as lamelas. A partir desse momento, estes suportes estavam prontos para a fase de retoque, que se traduz na afinação da peça, em que são trabalhados os gumes e a forma final, para que se transformem em diferentes utensílios que servem diferentes propósitos como: raspadores, furadores, pontas de seta, entre outros.

Observando a peça exposta, é possível verificar que se trata de uma lasca em sílex que não chegou a ser retocada e transformada em ferramenta. São visíveis os pontos de impacto, do percutor/punção, que contribuíram para o seu destacamento do bloco inicial.

Comentários
Sem comentários
Publicidade
Vídeos
ALAMEDA DA ESTAÇÃO DA TROFA
RESUMO VISITAS À EB2/3 PROF. NAPOLEÃO SOUSA MARQUES
BELIVE TROFA 2019 - RESUMO